A fundação fala

junho 27, 2008

A Fundação Osesp emitiu agora cedo comunicado à imprensa sobre a decisão do maestro John Neschling de não renovar seu contrato em 2010. Abaixo, a íntegra:

O Conselho de Administração da Fundação OSESP informa ter recebido respeitosa e inesperada carta de autoria do maestro John Neschling na semana passada. Em sua carta, o maestro surpreendeu-nos ao comunicar sua intenção de não renovar seu contrato de diretor artístico e regente titular da orquestra a partir do vencimento, em 31 de outubro de 2010. O maestro informou, em sua carta, sentir a necessidade de obter mais tempo para dedicar-se a projetos pessoais, após anos de dedicação à OSESP.  “Acredito (…) que é chegada a hora de dedicar-me mais uma vez à minha carreira internacional, longamente relegada a um segundo plano, em favorecimento da OSESP que, para que atingisse o nível atual, exigiu de mim dedicação exclusiva. Quero ainda ter tempo para dedicar-me à minha família e a meus projetos pessoais”, escreveu o maestro. Este Conselho de Administração acolheu a carta do maestro como mais uma confirmação de seu conhecido desprendimento e de seu espírito público. Em resposta ao comunicado feito pelo maestro, o Conselho remeteu carta agradecendo ao extraordinário regente e ao idealista por sua contribuição para a construção de um dos mais duradouros monumentos musicais brasileiros. “Surpreendidos com a sua decisão de não renovar o contrato (…), não poderíamos esperar da sua parte uma proposta que parecesse desatenta ao processo de transição e despreocupada com a meta de continuidade institucional e artística”, diz a carta enviada ao maestro. A Fundação OSESP reafirma sua certeza de seguir trabalhando em harmonia com o maestro até outubro de 2010 e tudo fará para manter e desenvolver os vínculos entre ele e a orquestra após o vencimento de seu contrato.

Ainda sem informações sobre o processo de escolha do novo maestro.

Anúncios

Uma resposta to “A fundação fala”

  1. Erika said

    que coisa… eles acharam surpreendente? parece que o pessoal da fundação vive em outro planeta… ou será que eu sou mais bem informada do que imagino?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: